O lenço é uma peça do uniforme escoteiro, usada com a finalidade de prevenir queimaduras no entorno do pescoço, bem como servir – assim como outras peças do uniforme – para ações de primeiro socorro, a exemplo da imobilização de membros fraturados.

Contudo, além disso, no cotidiano, traduz-se como um meio para identificação a que unidade escoteira o associado, seja jovem, seja adulto voluntário, compõe.

O lenço do Grupo Escoteiro Amizade – 66/SP, desde a fundação da unidade em 1967, passou por diversas modificações.

Antigamente, ele era feito de um tecido azul mais claro, com uma fita branca, relembrando as cores da Bandeira de Taubaté.

A dificuldade de achar tecidos, porém, fez com que ele fosse se adaptando e se aperfeiçoando com o passar do tempo, passando a ostentar cores próprias do GEA, presentes também na Bandeira do Grupo.


CERIMÔNIA DE TROCA DE LENÇOS

Em alusão ao Cinquentenário de Fundação do Grupo Escoteiro Amizade – 66/SP, foi realizada uma cerimônia de troca de lenços em 5 de março de 2017.

Com início às 15 horas daquele domingo, estavam presentes jovens, voluntários, antigos escoteiros e familiares.

A cerimônia marcada por um forte sol iniciou com o hasteamento das bandeiras Nacional, do 35 Distrito Escoteiro Monteiro Lobato e do Grupo Escoteiro Amizade – 66/SP, seguida de um momento inter-religioso conduzido pela voluntária Luzinete Gomes Geraldo, akelá (chefe de uma de nossas seções de lobinhos, a Alcateia Hathi).

A Diretoria e os membros da Comissão Fiscal tiveram seus lenços substituídos pelo Comissário Distrital.

Na sequência, a troca passou a ser escalonada: diretores eleitos trocaram o de seus assessores, diretores nomeados e chefes de seção.

Estes, por seu turno, procederam à substituição dos lenços de seus assistentes, que – por fim – realizaram a colocação dos lenços comemorativos nos jovens de cada ramo, findando com a troca dos lenços dos associados contribuintes.

A cada ramo, a cada seção, todos – jovens e adultos – procediam à renovação de suas promessas.

Uma cerimônia singela, mas marcada por bastante emoção e dedicação por parte daqueles que se empenharam para a consecução do evento: jovens, voluntários e pais que arrumaram e organizaram os lenços; outros que atuaram na logística geral do evento, com a disposição e enfeites da mesa, panóplia, dentre outros.

Até setembro de 2018, o lenço conterá o distintivo especial dos 50 anos.

Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens